Sobre

Smart Cities

 

 

Pensar, planejar e estruturar as Cidades Inteligentes Brasileiras. Essa foi a missão que, com grande entusiasmo e enorme responsabilidade, assumimos em 2016, ano de criação da SPIn – Soluções Públicas Inteligentes.

 
sobre.jpg

Tecnologias da Informação e Comunicação


 

Acreditando no potencial que avançadas Tecnologias da Informação e Comunicação têm na transformação dos serviços e utilidades públicas nas Cidades, enxergamos no movimento mundial das Smart Cities verdadeiras respostas para setores tradicionalmente carentes de investimento e de "inteligência" nos Municípios brasileiros (iluminação pública, mobilidade urbana, saneamento básico, segurança pública, saúde, educação, entre muitos outros).

background-01.jpg
 

IoT e Big Data da Cidade

 

 

São incríveis os impactos da adoção de recursos baseados em Internet das Coisas ("IoT") e Big Data na prestação de serviços públicos típicos do ambiente urbano. Equipamentos municipais (luminárias, semáforos, lixeiras, bueiros, câmeras, drones etc.) dotados de inteligência embarcada e capacidade de comunicação em tempo real, entre si e com o gestor público, proporcionam aos usuários-cidadãos experiências absolutamente distintas em seu dia-a-dia na Cidade. Oferecem ao gestor, por sua vez, parâmetros extremamente confiáveis para a tomada de decisões precisas, acertadas e eficientes. 

A partir do "Big Data da Cidade", novas e criativas formas de custeio de investimentos e serviços Smart surgem no ecossistema das Cidades Inteligentes, tornando viáveis projetos que, noutros tempos, mostravam-se aparentemente inacessíveis a Municípios de pequeno, médio e grande porte. 

 

"

O fenômeno das Smart Cities é uma realidade no mundo, e nos orgulha contribuir para que também o seja nas Cidades brasileiras. 

 
 

Desafios

Para que iniciativas de Cidades Inteligentes sejam bem-sucedidas e produzam efeitos concretos sobre cada ecossistema urbano, é necessário que a mesma "inteligência" buscada na modernização dos equipamentos e serviços seja também empregada no planejamento e na estruturação jurídica, econômica e técnica das interações público-privadas que permeiam a transformação das Cidades.

background-sobre-sao-paulo.jpg
 

Absorção de tecnologias inovadoras pelos Municípios

 

 

A inovação presente na chamada "Indústria 4.0" já é uma realidade consolidada nos setores privados, dos quais emerge – e sempre emergiu – a atividade de criação tecnológica. E é precisamente na absorção de tais tecnologias inovadoras pelos entes locais (Municípios) que acontece o movimento das Smart Cities, por modelos de contratação diversos (Concessões, Parcerias Público-Privadas, Fornecimentos e Serviços, ajustes sob a Lei de Inovação, Termos de Cooperação etc.). 

Dado o alto grau de complexidade e inovação, tais modelos de interação público-privada aplicáveis às Smart Cities apresentam características, riscos, formas de financiamento e dinâmicas operacionais absolutamente peculiares, quando comparados a contratos administrativos tradicionais. 

A inserção de IoT e Big Data no dia-a-dia do ambiente urbano e da prestação de serviços municipais traz consigo novas (e complexas) espécies de relações jurídicas e econômicas, seja na interação entre o desenvolvedor da Solução e o Município, seja na relação destes com os usuários-cidadãos, demandando o envolvimento de profissionais especializados para o apoio ao planejamento e estruturação dos projetos municipais. 

 

Atuação

A SPIn concentra os mais renomados especialistas e a mais avançada expertise em todos os campos do conhecimento necessários ao planejamento e à estruturação bem-sucedida de Cidades Inteligentes. 

background-sobre.gif
 
modelagem.jpg

Modelagem multidisciplinar de projetos


 

Nossa atuação em modelagem multidisciplinar de Projetos abrange todas as vertentes de uma Smart City, sob os diversos modelos de interação público-privada possíveis (Concessões, Parcerias Público-Privadas, contratos de fornecimento e prestação de serviços, entre outros), sempre buscando a absorção de avançadas Tecnologias da Informação e Comunicação para prestação de melhores serviços públicos aos usuários-cidadãos, bem como atribuição de eficiência máxima à gestão pública das Cidades.

 

Cursos e Treinamentos


 

A fim de difundir o conhecimento e as boas práticas de estruturação de Cidades Inteligentes – e, assim, impulsionar o movimento das Smart Cities no Brasil –, organizamos e ministramos diversos Cursos e Treinamentos, direcionados tanto aos gestores públicos municipais quanto às empresas que atuem – ou desejem atuar – no setor.

Livros e Publicações


 

Para os que se interessam no aprofundamento das questões inerentes à modelagem de projetos para Cidades Inteligentes, indicamos também nossos Livros e Publicações, de conteúdo inédito, e que buscam oferecer orientação e inspiração para o movimento das Smart Cities no Brasil. 

background-01.jpg
 

Expertise

 

Ambiente de Demonstração de Tecnologias para Cidades Inteligentes


 

Somos responsáveis pela estruturação do mais relevante projeto do Governo Federal Brasileiro na temática das Smart Cities, por intermédio do Inmetro e da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial): o Ambiente de Demonstração de Tecnologias para Cidades Inteligentes, destinado à realização de testes e avaliações de conformidade de soluções Big Data e IoT e tecnologias disruptivas para Cidades (em Iluminação Pública, Saneamento Básico, Segurança Pública, Mobilidade Urbana, Administração Interativa, entre outros setores), em ambiente físico-cibernético real (Campus do Inmetro no Rio de Janeiro, que se transformará numa "minicidade inteligente"), com foco em requisitos como interoperabilidade e cibersegurança, sob a supervisão do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços. 

Planos Municipais de Cidade Inteligente


 

Assessoramos inúmeros Municípios brasileiros na concepção de seus Planos Municipais de Cidade Inteligente, destinados ao diagnóstico multissetorial da inteligência atual da Cidade e fixação das metas de curto, médio e longo prazo para absorção eficiente de Tecnologias da Informação e Comunicação no serviço público municipal.

 

Concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs)


 

Participamos da concepção e estruturação das primeiras PPPs para Smart Cities no Brasil, baseadas na constituição de Redes de Iluminação Pública Inteligente (LEDs), habilitadas à telegestão e capacitadas ao monitoramento e prestação de multisserviços na Cidade (Wi-Fi público, videomonitoramento, gestão semafórica etc.), num único Contrato de PPP (de longo prazo), com a transferência, ao parceiro privado, dos riscos operacionais e de integração tecnológica inerentes à Smart City.

Indicadores e Certificação ISO para Smart Cities


 

Participamos da concepção da primeira norma ISO (International Organization For Standardization) voltada exclusivamente aos indicadores para certificação de Cidades Inteligentes.